Má influenza

Pichação genial no muro em frente ao portão principal da UEM:

mainfluenza

Isso que eu chamo de “cultura de rua”.

Pichação

s6302472

s6302474

s6302475

s6302476

Atos de vandalismo detectados na Acadêmia da Terceira Idade do Jardim Quebec, que também sofre com o descaso da administração pública, como vimos em um post anterior.

Pichador misterioso

pichador

Em menos de uma semana, o velódromo de Maringá (que nunca foi usado) foi pichado por duas vezes. A primeira, no dia 5, com os dizeres “Maringá fede Barros!”. A segunda foi nesse início de semana e escreveram “Eles apagam mas o cheiro continua. Maringá fede Barros!” e ainda “Isso vai mudar” e “Expanda”. Esse último talvez seja o nome do grupo, ninguém sabe. Ainda teve uma pichação no Colégio Estadual Gastão Vidigal.

Tudo muito suspeito e com vários enigmas. Que são os responsáveis? Haverá novas pichações? E a Guarda Municipal, pegará os responsáveis? Isso é o que veremos nas próximas semanas.