There is no free lanche

Chama a atenção o projeto de lei 12719/2013, de autoria da vereadora Carmem Vicente, que dispõe sobre a oferta de lanche para usuários do SUS pelo Tratamento Fora do Domicílio. Neste benefício, JÁ ESTÁ PREVISTO o pagamento de despesas de transporte e diárias para alimentação e pernoite para o paciente e o acompanhante  cobradas por intermédio do Sistema de Informações Ambulatoriais – SIA/SUS. O benefício é restrito a casos de média e alta complexidade e a deslocamentos superiores a 50 quilômetros.

Ao determinar um raio de 400 quilômetros de deslocamento, a lei maringaense cria uma enorme “free-free lanche zone” que abrange 925 municípios em cinco estados.

Em verde, as "localidades" em que os lanches grátis estão impedidos

Em verde, as “localidades” em que os lanches grátis estão impedidos

Anúncios

2 respostas em “There is no free lanche

  1. Pingback: There is no free lanche | Diário Maringa

  2. A denúncia sobre o Rogério Mello é gravissima pois Pupin tem um secretário condenado por contrabando que já foi condenado por contrabando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s