Fiscalização para quem?

No calor da hora da tragédia de Santa Maria (RS), que ceifou a vida de mais de 200 jovens, o vereador Ulisses Maia (PP), presidente da Câmara de Maringá, se apressou em dizer que a fiscalização na cidade será mais rigorosa em casas de entretenimento. Estabelecimentos sem alvará e com condições de segurança inadequadas não serão tolerados.

Há alguns anos na cidade temos a atuação da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU). Batidas policiais, com o devido acompanhamento de fiscais da Prefeitura, Conselho Tutelar e Bombeiros, são feitas regularmente em bares e lanchonetes. Via de regra, os localizados na periferia ou que possuem um público alternativo – rockeiros ou LGBT, por exemplo.

Pelo que se sabe, nenhuma casa noturna frequentada pelos filhos da elite maringaense enfrentaram o rigor da lei. Nem é preciso dar nome aos bois. Nos moldes da gaúcha Kiss, há baladas por aqui em que pessoas se espremem em ambientes superlotados sem saídas de emergência visíveis. A classe média cheirosa da província aguarda duas horas ou mais em filas, é tratada como gado, paga caro e, pior, parece que gosta.

Esperamos que a medida anunciada por Maia – que tem se mostrado mais democrático que o presidente da legislatura anterior – não seja seletiva. Em nome da segurança, e não do lucro de meia dúzia de empresários inescrupulosos, todos devem cumprir as leis de funcionamento. Lacrar as portas de botecos do copo sujo é fácil. Vamos ver se existe disposição para enfrentar a “máfia da noite”.

Fila para entrar em uma conhecida boate maringaense.

Fila para entrar em uma conhecida boate maringaense.

Anúncios

23 respostas em “Fiscalização para quem?

  1. Pingback: Fiscalização para quem?

  2. A foto é meramente ilustrativa. Filas são todas iguais.

  3. Me explica a frase que esta embaixo!!!!!!
    “Fila para entrar em uma conhecida boate maringaense.”
    E Ilustrativa?

  4. A legenda é só para testar a inteligência dos queridos leitores.

  5. Bom em primeiro lugar, só pra informar, a car wash entrou em reforma não foi por causa dessa AIFU e sim para acomodar mais gente em seu interior, em segundo lugar alem das casas noturnas, sou totalmente a favor que a fiscalização passe tbém por templos evangelicos, teatros, cinemas, puteiros e afins e claro em todo espaço publico onde existam aglomerações de pessoas, como por exemplo o paço municipal, com seus becos, mais parecendo como calabouços e seus tetos de Isopor.

  6. ahahah Genial exatamente isso!!!

    eu dou muita risada da galera que fica 1h na fila do woods! pra ouvir musica ruim ainda!!! kkkkk

  7. No papel tudo e’ bonitinho. Brasil e’ um caso perdido.

  8. Maringá é uma provincia dominada pela ACIM, CESUMAR, COCAMAR e cia, dominada por homens filhos da puta como Wilson Matos,Luiz Lourenço, Ricardo Barros e cia. aqui na cidade tudo é comprado, a elite é suja e podre.

  9. Só do risada com essas coisas, se a pessoa espera 2 horas na fila do estabelecimento o problema é da pessoa que tem tempo para isso, só fica na fila quem quer ninguem eh obrigado a entrar, e quem n quer pegar fila paga por isso compra a area vip que evita fila.
    e o fato de santa maria foi que acendeu um sinalizador dentro da boate, que juizo uma pessoa tem de fazer isso, em lugar fechado.

  10. Rodrigo, em quais fontes você apoia este seu texto? Você me parece (bem) mal informado! Já que é pra falar, dê nome aos bois!
    O corpo de bombeiros de Maringá está, sem dúvidas, entre os mais rígidos deste país. A prefeitura de Maringá e a polícia civil são também muito exigentes naquilo que diz respeito a entretenimento noturno.

  11. Que tal fazer um post sobre os CCs de Maringá, a cidade canção tem o maior numero de CCs por M2 do Brasil, uma vergonha.

  12. Gente, vcs viram o que o Milton Ravagbundo disse do Rigon:
    http://www.paulovergueiro.com/mapadosite2/4636-angelo-rigon-tumultuar-a-vida-do-prof-claudio-e-desnecessario-e-uma-agressao-gratuita.html

    Este pessoal do Pupin são todos bandidos, o Silvio era mais tranquilo mas o Pupin esta acostumado com suas fazendas onde tem até trabalho escravo,o dinheiro está correndo souto, portanto algumas pessoas devem se cuidar pois estes caras(CCs e cia) são bandidos e estão ganhando dinheiro como água(dinheiro do povo) e podem até matar, o que tem que tomar mais cuidado é o Rigon, mas existem outros na lista como: Rodrigo C., Messias Mendes, Professor Jairo de Carvalho, Paulo Vidigal, Timossi,Renato Bariani,Wilson Rezende,Solange Mariega, Luizinho Gari, Aparecido Batista, Fuji e outros.

  13. Em primeira mão mais nomes na mira dos furiosos CCs do Pupin sugadores do dinheiro do povo maringaense:
    Luiz Modesto
    Marcos Maranhão
    Will Scaliante
    José Roberto Balestra
    Bianco

  14. Dizem que tem os CCs raivosos do Pupin possuem uma lista de 500 pessoas e pretendem agir contra estas pessoas, tudo em nome do suado dinheiro do povo maringaense, eles só se comparam ao CCC, veja aqui para entender o que foi o CCC:
    Comando de Caça aos Comunistas (CCC, às vezes referido como Comando de Caça aos Estudantes Comunistas) foi uma organização direitista anticomunista brasileira, composta por estudantes e intelectuais, os quais, durante o Regime Militar no Brasil, agiram em seu favor, denunciando e confrontando pessoas contrárias ao regime então vigente,
    Segundo o almanaque do jornal Folha de S. Paulo,[1] o CCC foi responsável pelos seguintes eventos:

    Invasão do Teatro Ruth Escobar, em São Paulo, onde espancaram o elenco do espetáculo Roda Viva (em 18/7/1968);
    Atentado à bomba no Teatro Opinião, no Rio de Janeiro (em 2/12/1968);
    Sequestro e assassinato do padre Antônio Henrique Pereira Neto, em Recife (em 26/5/1969).

    De acordo com a professora Maria Yedda Leite Linhares,[2] primeira mulher catedrática em História da Universidade do Brasil (em 1955), “(…)quando houve o golpe militar, a Rádio MEC foi invadida por integrantes do Comando de Caça aos Comunistas (CCC) que literalmente destruíram seus estúdios.”

    Segundo relatado pela Fundação Perseu Abramo[3] e publicado pelo jornal Folha de S. Paulo em 28 de novembro de 1977, “(…) As sedes dos DA de Filosofia e Letras, DA Leão XIII, CA de Ciências Sociais e Serviço Social, CA 22 de agosto e do DCE -Diretório Central dos Estudantes- foram depredadas. Portas que estavam fechadas apenas com o trinco foram arrombadas a pontapés. As gavetas foram arrancadas fora das mesas e seu conteúdo jogado no chão. Em vários restos de portas ficaram bem nítidas as marcas dos pontapés. Em diversas salas foi pichada a sigla CCC (Comando de Caça aos Comunistas), organização que, como a AAB (Aliança Anticomunista Brasileira), se opusera à ideologia comunista. Uma lista enorme de bens das entidades foi levada pela polícia. A biblioteca também foi invadida e seus ocupantes expulsos aos gritos e ameaças de cassetetes. Os policiais jogaram vários livros no chão. Entraram com violência e, usando palavras de baixo calão, nas salas de aula, prendendo todos os seus ocupantes, e muitas vezes espancando-os….

  15. Agora não são os estudantes na parada mas sim CCs do Pupin contra os homens de bem de Maringá(não confundir com os homens de bens de Maringá que ficaram ricos e milionários explorando o pobre trabalhador maringaense que são Wilson Matos, Ariovaldo, Luiz Lourenço, pessoal da ACIM etc…).
    Os CCs querem dinheiro fácil e por isso vêm quem os criticam como iminigos mortais.

  16. Noticia fresquinha dos nossos informantes(temos 2 CCs infiltrados no meio do bando):
    A coisa esquenta no mundo dos CCs de Maringá, brigas internas ameaçam o governo Pupin, uns estão querendo comer os outros(opa!) é briga por dinheiro(do povo maringaense) é grande.
    Paulo Vergueiro não está satisfeito com o salário e diz que merecia mais e aponta porque Flávio Mantovani recebeu sem trabalhar durante 26 dias e pediu as contas mas enfiou o dinheiro no bolso, Professor Liu está uma fera pois a Marcia Mara chamou ele de branquinho..pessoal está uma festa de arromba.

  17. So’ nos bastidores!! Bom sabendo de tudo que aconteceu durante o segundo turno…
    é bom a galera andar esperta com a SUV preta!
    é o BOPE Maringaense so’ que ao contrario!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s