Trabalho quase escravo é acim

Uma grande loja, localizada no centro de Maringá, não está oferecendo as devidas condições de trabalho aos seus funcionários. A equipe de reportagem do blog apurou que as caixas são extremamente pressionadas neste período natalino e de bondade entre os homens (risos).

Constatou-se que há ameaças de desconto salarial o tempo todo por causa das quantias que não batem. Porém, existe um déficit de empregados e, para compensar, muitos se revezam durante o dia no mesmo caixa. Como responsabilizar todos por um furo que ninguém sabe quem cometeu?

Outra denúncia grave é que uma gerente chegou a dizer que, caso uma caixa esquecesse um sensor de mercadoria com o cliente e este apitasse na saída da loja, o cliente teria o direito de espancar a funcionária até machucar bastante, e que a chefia não se responsabilizaria por isso (!).

Verificamos também que a famosa loja orienta as funcionárias do caixa para tirarem determinado valor de notas fiscais por dia, sonegando tributos sem pudor. É bom que os fiscais da Receita dêem uma passadinha por lá.

Será que a respeitada Associação dos Canalhas Inescrupulos de Maringá tem conhecimento disso? Ou essas são práticas comuns entre os empresários exploradores e sonegadores de impostos da tão distinta entidade que promove o progresso e o desenvolvimento da cidade?

Anúncios

7 respostas em “Trabalho quase escravo é acim

  1. Compartilhando a caixa registradora e depiis sendo culpado se o ‘float’ não bater? Ahhhh patetico. trabalhei em diversos segmentos com muito fluzo de dinheiro, quase sempre o caixa não batia perfeitamente! Esse gerente merece tratamento psicologico!

  2. Pingback: Trabalho quase escravo

  3. Acho que é um caso de processo. Bandidagem completa.

  4. Cara, você é sem noção! Pra mim a simples falta de indicação das referidas empresa já faz as tuas argumentações caírem por terra, haja visto que sem fonte alguma, como você quer ser formador de opinião? Seus argumentos não servem pra nada!!!

    Segundo, por acaso a ACIM é algum tipo de sindicato que funcione de maneira fiscalizatória? Você não tem noção alguma de nada cara!

    É lamentável que pessoas “ACIM”, tenha seguidores nesse blog pífio!

    Abraço..

  5. nessa época sua namorada trabalhava lá. bá, quer defende-la, abrace-a! zé mané

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s