Problemas na UEM

Os estudantes da Universidade Estadual de Maringá estão se deparando com sérios problemas na volta às aulas. Na manhã de ontem, acadêmicos do curso de Educação Física realizaram um manifesto para reivindicar a contratação de mais professores. A repórter d´O Diário Patrícia Steinbach ouviu o Eduardo Garcia – gente boa -, membro do Centro Acadêmico de Educação Física. Garcia disse que a defasagem do curso é de pelo menos 11 docentes e que os alunos também exigem a melhoria da estrutura física, pois algumas disciplinas estão sendo ministradas no gramado da universidade ou em salas não apropriadas. Isso já acontecia quando eu fui aluno do curso, entre 2003 e 2008.

Outro reclame veio do Blog do Raoni. O amigo Raoni de Assis, presidente do Centro Acadêmico de História, estranhou que o Restaurante Universitário estava fechado no sábado passado. Ele averigou que Júlio Prates, o atual reitor da UEM, não quer cumprir um acordo com os funcionários do Restaurante em relação ao trabalho no café da manhã e no almoço de sábado.

Júlio Prates assumiu a reitoria em outubro passado e Carlos Alberto Richa é governador desde 1º de janeiro de 2011. Mesmo que os problemas detectados sejam heranças de governos anteriores, a casa já deveria ter sido arrumada pelos novos mandatários.

Anúncios

Uma resposta em “Problemas na UEM

  1. Concordo com as reivindicações dos alunos de Ed. Fis., mas acho que pisaram na bola fechando o trânsito na Colombo pra protestar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s