Aborto é coisa dos homens e não de Deus

Em meio a essa onda de moralismo e hipocrisia religiosa que invadiu o debate da sucessão presidencial, é bom ler opiniões lúcidas como esta, do Gilson Aguiar:

“Quando nos deparamos com certos temas, temos a infeliz necessidade de buscar uma solução na saídas místicas. Podemos considerar que ter uma crença, cultuar nossos sentimentos com a existência divina, ou divinas, melhoram o nosso caráter. O ingresso do homem contemporâneo nas instituições religiosas não significa um retrocesso, mas depende de que homem estamos falando e como ele construiu a função de sua, ou suas, divindades.

Muitos dos “fiéis” cristãos têm a percepção de que os princípios da teologia podem salvar a violenta ação humana caracterizada no aborto. Acreditam que os homens são mais felizes quando conduzidos pela vontade de Deus e se esquecem de dar uma conduta racional aos seus atos”. (…)

Leia na integra

Anúncios

Uma resposta em “Aborto é coisa dos homens e não de Deus

  1. ele mesmo se contradiz ao falar que a mulher que procura o aborto são mulheres que ja tiveram filhos, adultas e trabalhadoras. elas mais do que ninguem deveriam ter mais responsabilidades
    o corpo é dela, mas a vida que ela gerou não

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s