Nosso Colosso de Rodes

Obviamente exagerei na comparação do título. Mas o Colosso — uma estátua de Hélios feita de bronze, com trinta metros de altura — ficava na entrada da ilha de Rodes. Aqueles que chegavam lá, obrigatoriamente passavam por ele. A nossa Rodoviária Velha também não foi, durante muito tempo, porta de entrada para Maringá?

Vamos a algo que ninguém mais comenta. Entre julho e agosto de 2007, O Diário promoveu a eleição das sete maravilhas de Maringá. Na edição de 29 de julho daquele ano, foi publicada uma pequena reportagem com argumentos a favor da eleição da Rodoviária Velha como uma delas. Para tanto, Sildemar de Barros, ex-gerente do Patrimônio Histórico de Maringá, foi consultado. O resultado da enquete, com 35.556 votos, foi publicado em 8 de agosto e apontou a eleição da Rodoviaria Velha como uma das duas maravilhas não-religiosas, por assim dizer, ao lado do Peladão. As outras cinco maravilhas são: a Catedral, a Capela Santa Cruz, a Capela São Bonifácio, o Seminário Agostiniano e a Mesquita. Muito ficou de fora, é certo, mas ver a Rodoviária ali até hoje me causa surpresa!

Reprodução de O Diário, 29.07.2007, p. D2. Clique para ampliar

Reprodução de O Diário, 08.08.2007, p. D1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s