A vida em Maringá: Iguatemi

Quão bem o maringaense conhece Maringá? Cada bairro, cada distrito possui detalhes que escapam ao forasteiro. A tentativa é de uma série de posts na qual os próprios moradores, conhecedores das qualidades e das deficiências, apresentam o seu lugar. Hoje: IGUATEMI — não é o primeiro shopping center do Brasil. Confesso, só sei da existência do nosso distrito porque fui lá uma vez em um pesqueiro, à noite. Além do famosa linha 201, que demora um tempão para chegar lá, como vocês verão:

por Leonardo Navarrete*

Iguatemi, Iguatemi. Quase Maringá, Maringá, que é quase New York, New York. Um dia, quem sabe, chegamos lá.

Incumbiram-me de “apresentar” o pacato distrito de Iguatemi. Tarefa essa, que é um tanto complicada mesmo morando aqui há mais ou menos 14 anos. Bom, vamos lá.

Iguatemi: palavra de origem tupi que significa “rio ondulante”. Confesso que não fazia a menor idéia disso. Nome esse que foi, em partes, bem escolhido pro distrito, pois aqui, rio é o que não falta; às vezes não são próprios para banho como o bem conhecido por aqui “Ródão”. Porém existem muitos outros que podem ser usados até para banho.

Iguatemi tem por volta de 10 mil habitantes. É maior que muita cidadezinha de interior espalhada por aí. Mas ainda é distrito de Maringá e vai ser por muito tempo se depender do povo daqui. Fica a mais ou menos 15/20 minutos de carro de Maringá e a 40/50 minutos de ônibus, pela BR-376, saída pra Paranavaí.

Durante a semana, esse “vilarejo” é normal, como todo(a) distrito/cidade pequena, tem sua movimentação concentrada no centro, se é que pode se chamar 100 metros de avenida de centro. Aos sábados durante o dia a movimentação é maior do que durante a semana, devido a pessoas de fora que vêm aos supermercados daqui, que têm fama de bom preço, sinceramente, acho os preços comuns se não forem mais altos. Fica difícil até estacionar o carro por falta de vagas. Ta aí, um pequeno distrito com pelo menos um problema de cidade grande.

Já a noite em Iguatemi não oferece lá muitas opções pra lazer do público jovem, apenas algumas lanchonetes que rodeiam a praça da igreja. Por outro lado é uma considerável opção pra sair com a família, pelo sossego oferecido em fins de semana comuns. A coisa muda quando tem algum tipo de festa por aqui, a praça que é o nosso ponto de encontro, na maioria das vezes enche de gente, e gente da região toda vem prestigiar as nossas festividades, que são bem agradáveis. Aliás recomendo a vocês virem pra cá quando for rolar alguma festa. Só mais uma coisa a ser relatada sobre as festas, não há muitas datas festivas por aqui, posso citar: Reveillon, carnaval, Expo Iguatemi, às vezes temos Festa Junina, entre outras que não são realizadas anualmente e que não me lembro agora.

Se você mora aqui, na grande maioria das vezes, terá que se deslocar pra Maringá, Mandaguaçu ou pela região para trabalhar, pois aqui não há tantas oportunidades nem locais para se trabalhar. Iguatemi também deve ser um bom local para investimentos em varias áreas, por exemplo, moradia devido à calma do lugar, alguns ramos de comércio, entre outras áreas. Sentimos falta aqui também, de um lava jato, o mais próximo fica em Mandaguaçu, isto é, a 7 km, acho que seria uma boa pedida abrir um por aqui, já que o número de carros e motos só cresce.

Iguatemi é como todo lugar, tem seus problemas e suas qualidades. Mais considero que aqui é uma das melhores áreas de Maringá para se morar, afinal, a tranquilidade reina absoluta aqui por essas bandas.

* Leonardo Navarrete, 18, solteiro, residente em Iguatemi.

Anúncios

15 respostas em “A vida em Maringá: Iguatemi

  1. Pingback: Tweets that mention A vida em Maringá: Iguatemi « Maringá, Maringá -- Topsy.com

  2. Iguatemi, cidade calmaria. Eu também não vejo motivo de emancipar Iguatemi, desde que ele receba de forma igualitária investimento do governo municipal, ta perfeito. Ficou muito bom seu texto Leonardo deu até vontade de pisar por essas bandas. Abraço.

  3. Muito bom!

    Acho que fui uma vez para Iguatemi, mas não tenho certeza.

  4. Pois é, o problema tá exatamente nessa forma igualitária. E acho também que Iguatemi não tem estrutura suficiente pra se tornar um município ainda.
    Como eu disse no começo: “Iguatemi, Iguatemi. Quase Maringá, Maringá, que é quase New York, New York. Um dia, quem sabe, chegamos lá.”

    Abraço William.

  5. Tá certo que é bem calmo e pá, mais é um lugar bom para se ”viver”. Muito bom seu post Leonardo rs.

  6. Pois é quem sabe um dia Iguatemi nao podera virar um municipio,mais não se nota muito desenvolvimento,iguatemi até recebe recursos é um bom lugar para se morar e acho que o prefeito de maringa da uma qualidade de vida boa para os habitantes de iguatemi digo na parte de educaçao,saude,segurança etc..,tem muitas cidades maiores por ai que nao tem nem educaçao e muito menos segurança,e como o Léo disse no texto falta trabalho,não se tem,industrias,fabricas lugares ondem podem empregar varias pessoas, falta isso emprego mais Iguatemi é sim um bom lugar para se morar
    Ótimo texto Léo
    Abraçooo

  7. morei por 6 meses em iguatemi,uma cidade segura, pequena, onde vc conhece uma pessoa acaba conhecendo a cidade inteira…rsrsrs, e lembrando tbm que iguatemi tem a UEM.

  8. Parabéns Rafael, excelente texto e bem ilustrado sobre o distrito, no ano de 2000 realizei um sonho e comprei um terreno no centro do distrito a 50 mts da igreja na mesma rua do corpo de bombeiros, um terreno grande de 600 metros maravilhoso quanto espaço, construi uma casa de 150 metros térrea, hoje nessa casa moram meus sogros, são pessoas de idade e estão muito felizes, tem toda a infraestrutura, medico, comercio, tudo pertinho e de fácil acesso, considero o distrito Iguatemi o melhor para se morar sem exageros de toda a região de Maringá, para quem quer ter sossego e uma vida acima da média invista no Distrito principalmente como eu fiz comprei meu terreno ali no centro, tudo de bom e um dia eu vou sair daqui de São Paulo e morar no Distrito Iguatemi.
    Abraço e parabéns de novo pelo belo texto

  9. Leonardo, me desculpe errei seu nome, mas o restante tá valendo.

    Abraço

  10. Escolhi Iguatemi para morar há 12 anos e não me arrependo nadinha…
    Aqui estude, casei e agora terei filhos…
    Iguatemi, terra hospitaleira de povo religioso e bom…
    Deus continue nos abençoando…

  11. naci em Iguatemi, quando ainda nao era distrito, mais sim patrimonio de Maringa, amo isso aqui, poderia ter falado mais, foi fundado como distrito em agosto de 1958, nao é facil ser distrito sempre estamos de pires na mao implorando para que o governo municipal olhe para nós, apesar que esse ultimo nao podemos reclamar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s