Sede da UMES

Hoje a sede da UMES (M. Uainerrauz já passou uma noite lá) foi lavada com água e sabão — num ato mais simbólico do que propriamente “faxinal”, pois uma quiboa cumpriria melhor o serviço. De qualquer forma, é uma iniciativa para se aplaudir, a favor da família maringaense, um marco que talvez renda bons frutos.

Coincidência, hoje chegou às minhas mãos o livro Maringá: Geografia Regional, datado de fevereiro de 1964, de autoria de Renato Bernardi e ilustrações de Nelson Poppi, uma delas retratando a sede da UMES. Achei que fosse um furo, mas JC Cecílio, Oséias Miranda e a própria UMES já colocaram a imagem na internet. Nenhum deles, entretanto, faz referência à obra.

Diz Renato Bernardi, em seu livro, aos estudantes: “Você não é sócio da União Maringaense de Estudantes Secundários? Pois bem, o terreno onde está se erguendo a majestosa sede da UMES foi gentil doação da Companhia [Melhoramentos Norte do Paraná]”. Ele continua, páginas adiante: “Para congregar e defender os estudantes e seus interesses, foi fundada, em junho de 1958, uma associação de alunos de ensino médio: a União Maringaense de Estudantes Secundários. Sua fundação se deveu a um grupo de jovens entusiastas e idealistas. Possui uma bela sede, construída em parte, na Avenida Cerro Azul. A parte pronta da sede onde funciona o restaurante estudantil e a sala de expediente pode ser vista no desenho da figura nº 13”:

Fachada da sede da UMES por Nelson Poppi, em 1964

Por fim, o autor nos fala: “A Casa do Estudante Secundarista de Maringá (CESM), órgão dependente da UMES, mantém um restaurante para 100 estudantes a preços razoáveis, contando, para isso, com o auxílio municipal, em pequena quantidade e, copiosamente, com a coragem e o idealismo que sempre caracterizaram as iniciativas estudantis”.

Interessante que Rigon lembra que o professor Renato Bernardi às vezes comia no bandejão.

6 respostas em “Sede da UMES

  1. Nos meus tempos de secundarista,fiz parte da diretoria da UMES. O presidente era o Chiquinho Ribeiro (PNEUMAR) e tinhamos na diretoria o Raul Bendlin (hoje médico),José Ival de Souza, Octávio Porcuu, Motoshigue Tanno e outros inesqueciveis colegas.Tinhamos várias promoções sociais e culturais e o restaurante,funcionava a pleno vapor,com ótima cozinha.Tudo acabou: destruiram a cozinha e tudo desapareceu: os bandejões, talheres, tudo.

  2. Passei lá ontem, a rapaziada mandou bem na limpeza. Esperamos que este espaço histórico volte a ser dos estudantes maringaenses.

  3. Eu, também fiz parte desta turma inesquecivel ,que o Cezar citou…gostaria de parabenizar essa rapaziada pela iniciativa…não deixe morrer essa causa…que para nós era um orgulho.

  4. QUANTA SAUDADE DAQUELE TEMPO EM QUEM OS ESTUDANTES LUTAVAM POR UM IDEAL NOBRE. SEMPRE DIGO QUE TENHO UM ORGULHO MUITO GRANDE DE NOSSA GERAÇÃO QUE LUTAVA POR IDEAIS DEMOCRÁTICOS, QUERIAM UMA POLÍTICA CHEIA DE HOMENS HONESTOS, LUTAVÁVAMOS PARA MELHORIA DA CLASSE MENOS FAVORECIDA. DERRUBAMOS UMA DITADURA MILITAR, ELEGEMOS UMA ASSEMBLÉIA NACIONAL CONSTITUINTE QUE VOTOU A CONSTITUIÇÃO MAIS DEMOCRÁTICA EXISTENTE EM TODO O MUNDO E ESTAMOS VENDO UMA GERAÇÃO TOTALMENTE SEM IDEAIS COLETIVOS, ONDE O MAIS IMPORTANTE É O “EU”. JOVENS LUTEM POR IDEAIS COLETIVOS

  5. Pingback: odiario.com – blogs - Maringá, Maringá » Arquivo do Blog » De quando Amy esteve em Maringá

  6. gostaria de ter contato com a atual diretoria da umes , se não tiver gostaria de saber com quem está os documentos no sentido de reformularmos a diretoria e dar apoio para que não percamos este espaço conquistado . Email; miltinhomga@hotmail.com.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s