Quem precisa de rehab?

(inspirado por esse post do Lukas. Agredeço ao Rigon [edit].)

A cantora inglesa do momento, M. Uainerrauz, está em Maringá, disfarçada de hippie vendedora de arte no arame. A intenção era dar um tempo no Molivi, mas nem precisou: apenas o ar puro do mato em caminhadas ao redor do Bosque II; uma dieta a base de cachorrão e pastel mini-ovo; e um apelo no Pinga Fogo na TV para uma entrada para o Walter Park, onde tomou uns banhos na piscina aquecida, da qual saiu exalando um forte odor de cloro e urina, foram o suficiente. M., agora, tem “saúde pra dar e vender”, como diz sua a música Goodbye Old Year — até foi chamada para ser hilariete e coreógrafa de cumbia no concorrido Fest Drummond.

Maringá é conhecida por fazer bem às pessoas. Já passaram por aqui Pixote, Christiane F., Dieguito Maradona, Walter Casagrande e, mais recentemente, Fábio Assunção.

Antes e DepoisAntes e depois: Amy em Londres e na sessão de posse da Câmara

6 respostas em “Quem precisa de rehab?

  1. Pingback: M. Uainerrauz: desfecho « Maringá, Maringá

  2. Pingback: Eu rio de janeiro « Maringá, Maringá

  3. Pingback: Aniversário « Maringá, Maringá

  4. Pingback: O dia do Cachorro Grande em Maringá « Maringá, Maringá

  5. Pingback: odiario.com – blogs - Maringá, Maringá » Arquivo do Blog » Em julho, disseram que…

  6. Pingback: odiario.com – blogs - Maringá, Maringá » Arquivo do Blog » De quando Amy esteve em Maringá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s